0

São Paulo decreta fim das restrições contra a Covid-19

politica

São Paulo decreta fim das restrições contra a Covid-19

Mesmo com fim das restrições em eventos e estabelecimentos, uso de máscaras e apresentação do "passaporte da vacina" são obrigatórios

São Paulo decreta fim das restrições contra a Covid-19
beatriz-cantadori

Atualizado há 9 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 1 de novembro – As festas, baladas e eventos estão 100% liberados em São Paulo a partir desta segunda-feira, 1, marcando o fim das restrições. Os estabelecimentos podem funcionar com capacidade total e sem limite de horário. As únicas obrigatoriedades agora são o uso de máscaras em todos os ambientes, os protocolos de higiene e a apresentação do comprovante de vacinação em eventos com mais de 500 pessoas.

Assim, chega ao fim o Plano São Paulo de flexibilização econômica, programa que direcionou a retomada gradual das atividades de acordo com os números de mortos e infectados pelo coronavírus e posteriormente, diante do avanço da imunização contra a doença.

De acordo com o portal Vacinômetro do governo paulista, o Estado tem a cobertura vacinal mais avançada do país, com mais de 70 milhões de doses aplicadas, o equivalente a 67,5% da população imunizada com as duas doses. Apesar do avanço das vacinas e declínio de casos e mortes decorrentes da Covid-19, especialistas ainda pedem cautela.

Capital paulista e outras localidades

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (PSDB), já havia anulado todas as restrições de ocupação, horário e distanciamento na cidade, na última quinta-feira, 28. O comércio já estava liberado desde setembro, e as escolas também já estão autorizadas a receber 100% dos alunos.

Outros municípios podem decidir se vão seguir ou não o decreto estadual. Alguns estados como o Rio de janeiro, já estudam até a liberação do uso de máscaras, medida que continua obrigatória na capital paulista.

Passaporte da vacina para o fim das restrições

Desde 1 de setembro, na cidade de São Paulo, está em vigor o decreto que obriga a apresentação do comprovante de vacinação em eventos com mais de 500 pessoas. O chamado “passaporte da vacina” poderá ser apresentado em formato físico ou digital.

Para obter a versão virtual do certificado de imunização, é necessário instalar o aplicativo e-saúde, da Secretaria Municipal da Saúde, e fazer um cadastro com os seguintes dados: nome completo, telefone, CPF, data de nascimento e e-mail. O documento também pode ser emitido pelo aplicativo do Poupatempo Digital.

Público nos estádios

As torcidas os jogos de futebol já estavam parcialmente permitidas, e agora os estádios poderão receber 100% do público, mas com algumas regras. Para frequentar as arenas é obrigatório ter tomado pelo menos uma dose de vacina, ou a dose única, usar máscaras e levar o comprovante físico ou digital da imunização. Quem não está com o esquema vacinal completo, precisa apresentar um teste PCR feito no máximo 48h antes ou um teste de antígeno feito no máximo 24h antes da partida.

Texto: Beatriz Lauerti
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins/ Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.