0

Eleições 2022: Lula cresce e Bolsonaro desacelera, mostra Modalmais

politica

Eleições 2022: Lula cresce e Bolsonaro desacelera, mostra Modalmais

No segundo turno, as intenções de voto em Lula subiram de 48,6% para 50,2% e em Bolsonaro caíram de 41,6% para 39,7%, apontou Modalmais

Eleições 2022: Lula cresce e Bolsonaro desacelera, mostra Modalmais
tcuser

Atualizado há cerca de 2 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo/Brasília, 28 de abril – A recuperação do presidente Jair Bolsonaro nas intenções de voto para a Presidência dá sinais de desaceleração, segundo a nova rodada da pesquisa Modalmais/Futura, enquanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva volta a ganhar tração.

No levantamento divulgado nesta quinta-feira, Lula subiu de 38,3% para 41,1% no primeiro turno, um crescimento de 2,8 pontos em relação a março e acima da margem de erro de 2,2 pontos da pesquisa. Já Bolsonaro manteve os 35,3% das intenções de voto no primeiro turno.

No segundo turno, Lula subiu de 48,6% para 50,2%, variação de 1,6 ponto, dentro da margem de erro. Bolsonaro caiu de 41,6% para 39,7%, perdendo 1,9 pontos, também dentro da margem, mas alterando a tendência de pesquisas anteriores da Modalmais/Futura, em que Bolsonaro ganhava fôlego.

Outro dado que chama atenção é que tanto a rejeição de Lula quanto a de Bolsonaro caíram, garantindo a vantagem observada para o ex-presidente. A rejeição a Lula caiu 7,6 pontos, de 41,1% para 33,5% no primeiro turno.

Já a rejeição a Bolsonaro caiu apenas 1,9 ponto, 45,6% para 43,7%, o que sugere manutenção das dificuldades do atual presidente em superar Lula nas intenções de voto.

No cenário espontâneo da pesquisa, quando não se apresentam os nomes dos candidatos, Lula e Bolsonaro apresentaram uma trajetória de crescimento. Lula cresceu mais, de 33,4% na rodada anterior para 36,3% agora, acima da margem de erro. Bolsonaro subiu de 32,9% para 33,1%, dentro da margem.

A pesquisa divulgada nesta quinta também revela que o eleitorado já acompanha atentamente a sucessão presidencial. Declara estar “muito interessado” ou “interessado” um total de 69,4% dos entrevistados. Os que dizem estar pouco interessados marcam 19,2%, enquanto os que não têm interesse somam 10,1%.

A pesquisa Modalmais/futura, nas rodadas anteriores, foi uma das que identificou mais fortemente que havia uma recuperação de Bolsonaro nas pesquisas. Nesta rodada, porém, sugere que isso estancou ou perdeu fôlego.

Texto: Cintia Tomaz e Leopoldo Vieira
Edição: Allan Ravagnani e Letícia Matsuura
Imagem: Vinícius Martins / Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.