0

Bolsonaro diz que "Petrobras é um monstrengo" e que ela "vive para" os acionistas

politica

Bolsonaro diz que "Petrobras é um monstrengo" e que ela "vive para" os acionistas

O presidente Jair Bolsonaro também voltou a defender a privatização da Petrobras, e disse que está em contato com a equipe econômica

Bolsonaro diz que "Petrobras é um monstrengo" e que ela "vive para" os acionistas
stefanie-rigamonti

Atualizado há 9 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 10 de novembro – Em entrevista à Rádio Cultura do Espírito Santo, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a privatização da Petrobras e criticar os altos dividendos da estatal pagos aos acionistas. Bolsonaro chamou a petroleira de “monstrengo”, disse que ela tem um monopólio e que “praticamente vive em função dela mesma”.

“Não tenho ingerência sobre a Petrobras; Tanto é que eu espero aí privatizar parte dela, que não é fácil. Já entrei em contato com a equipe econômica”, afirmou o presidente. “Ela vive para que, dada a legislação existente, os acionistas nunca tenham prejuízo”, continuou.

A privatização da Petrobras entrou no radar há cerca de um mês, quando Bolsonaro disse a apoiadores que não quer mais ser responsabilizado pelas repetidas altas nos preços dos combustíveis. Na ocasião, os papéis da estatal atingiram seu maior patamar em 13 anos.

Até mesmo o ministro da Economia, Paulo Guedes, chegou a defender publicamente a privatização da petroleira, sem apresentar um plano claro de desestatização.

Repetidas vezes, Bolsonaro vem dizendo que a Petrobras deveria ter um papel mais social, e não lucrar muito alto, e afirma que a empresa presta serviços para acionistas, que são “privilegiados”, nas suas palavras.

Resposta da Petrobras

Mas, apesar das insistentes declarações de privatização da Petrobras, a própria estatal divulgou um comunicado na semana passada informando que não há nenhum estudo em andamento até o momento, por parte do governo federal, nesse sentido.

“O Ministério de Minas e Energia respondeu à consulta afirmando não ter conhecimento da existência de qualquer decisão, ato ou fato relevante da União Federal que deva ser comunicado à Petrobras para subsequente divulgação ao mercado”, informou a estatal em um trecho da nota.

Conforme o comunicado, o Ministério da Economia também foi consultado, e este “encaminhou comunicação formal informando não haver fato relevante a ser comunicado ao mercado pela União neste momento ou recomendação de inclusão da desestatização da Petrobras no Programa de Parcerias de Investimentos”.

Texto: Stéfanie Rigamonti
Edição: Nicolas Nogueira
Arte: Vinícius Martins/ Mover

Nesta matéria

PETR3

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

37,38

0,49

+1,32%

Relacionadas

PETR4

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

34,79

0,48

+1,40%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.