0

Vale a pena usar o FGTS para investir na Eletrobras?

mercados

Vale a pena usar o FGTS para investir na Eletrobras?

Investir com o FGTS na Eletrobras demanda análise de riscos de renda variável e do prospecto a ser divulgado, disseram especialistas à Mover

Vale a pena usar o FGTS para investir na Eletrobras?
beatriz-cantadori

Atualizado há cerca de 1 mês

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 20 de maio – Após a aprovação da continuidade do processo de privatização da Eletrobras pelo Tribunal de Contas da União, na semana passada, voltou ao radar a possibilidade de poder utilizar até 50% do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, FGTS, para a compra de ações da companhia, conforme previsto no modelo de capitalização.

Mas será que vale a pena utilizar parte do FGTS para aplicar em ações da Eletrobras?

Atualmente, o Fundo de Garantia tem uma remuneração de 3% ao ano mais a Taxa Referencial. Somado a isso, nos últimos anos, os lucros do FGTS resultantes dos juros cobrados de empréstimos a projetos de infraestrutura, saneamento básico e crédito da casa própria têm sido distribuídos aos trabalhadores, melhorando o rendimento dos recursos ao longo do tempo.

Ainda assim, o retorno é baixo, assim como o risco. Portanto, de acordo com o professor de finanças do Insper, Ricardo Rocha, o ponto mais importante que o trabalhador deve notar é que, com a decisão de alocar parte dos recursos do FGTS na Eletrobras, ele vai se tornar investidor de renda variável, cujos riscos são diferentes.

“São riscos de mercado. O FGTS é muito ruim quando a inflação está alta, mas, em contrapartida, ele é uma reserva que o indivíduo pode usar em ocasiões especiais”.

Rocha também sublinhou que é preciso prestar atenção no “período de lock-up, ou seja, o prazo a ser respeitado até poder vender os papéis”, que é de doze meses a partir da data da aplicação. Além disso, os trabalhadores têm que estar cientes de que, em caso de venda das ações, o dinheiro retorna ao fundo, e não pode ser usufruído momentaneamente.

A análise dos preços de compra das ações também é mais uma questão essencial e deve ser feita com a ajuda de um profissional especializado em energia, segundo Rocha. Não se sabe ainda qual será o preço oferecido pelas ações aos trabalhadores que queiram investir com o FGTS, mas é comum que, durante essas ofertas, o valor seja menor do que o da Bolsa.

As ações preferenciais da Eletrobras (ELET6) fecharam o pregão da última sexta-feira, 20, em queda de 0,21%, a R$43,11, enquanto as ordinárias (ELET3) avançaram 0,21%, a R$43,97. Os analistas do UBS-BB, liderados por Giuliano Ajeje, projetam que os papéis podem alcançar R$70 em 12 meses, com potencial para valorização de mais de 60% no período.

Contribuidor do TC, o trader Moises Beida avaliou positivamente a oportunidade de investimento na Eletrobras usando o FGTS, mas alertou para a necessidade de atenção a um documento que será divulgado em breve pela empresa de energia com detalhes sobre a operação, o chamado prospecto. “Acho que é cedo ainda para analisar, mas vejo como uma boa oportunidade”, afirmou.

Já a educadora financeira Bia Moraes, da Ativa Investimentos, considerou a ideia como um incentivo para as pessoas entrarem na Bolsa de Valores brasileira, mas chamou a atenção para a importância da diversificação.

“Eu acredito muito na diversificação, ainda mais quando a gente fala de uma ação, que é um ativo de risco. Muitos que pegam o FGTS podem estar começando a investir, e iniciar já colocando metade do dinheiro em um único papel é um pouco arriscado”, avaliou.

A especialista sugeriu que parte do Fundo de Garantia seja aplicado em outros investimentos. “Uma carteira estrategicamente diversificada faz mais sentido, e não só entre outras ações, mas entre diferentes classes de ativos, como renda fixa”.

Regras para aplicação do FGTS na Eletrobras

A desestatização da Eletrobras ocorrerá por meio de uma oferta de ações na bolsa que deve movimentar mais de R$25 bilhões. É nessa ocasião que trabalhadores poderão usar parte do saldo de suas contas do FGTS para adquirir os papéis por meio de fundos mútuos de privatização, modelo que surgiu nos anos 2000 e já foi utilizado pelo governo na venda de ações de outras estatais no passado, como Vale e Petrobras.

Esses fundos, que podem ser acessados por meio do aplicativo do FGTS ou em agências da Caixa Econômica Federal, podem ser uma oportunidade para ampliar o rendimento dos recursos depositados pelas empresas a seus funcionários.

A participação do investidor poderá ser realizada de forma individual ou por meio de um Clube de Investimento – veículo gerido por uma instituição autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários e formado por pessoas físicas que possuem saldo em contas do FGTS e desejam investir na privatização.

Conforme as normas, se parte dos valores do FGTS estiverem bloqueados ou vinculados, o trabalhador só poderá aplicar na desestatização o valor disponível remanescente.

Recursos do Fundo de Garantia que já tenham sido aplicados em papéis da Petrobras e da Vale serão abatidos do cálculo da quantia máxima a ser investida na Eletrobras, que é 50% do FGTS.

No total, considerados todos os trabalhadores do país, foi definido um limite de R$ 6 bilhões para o uso global desses recursos na aquisição de papéis na oferta pública, segundo as normas.

Já o investimento mínimo é de R$ 200 em caso de aplicação via fundos e de R$ 1 mil para aplicações individuais.

A operação será intermediada por uma administradora escolhida pelo investidor no aplicativo da Caixa, e a autorização de consulta e de solicitação de débito para aplicação pode ser feita pelo aplicativo do fundo da Caixa.

Texto: Beatriz Lauerti
Colaboração: Luciano Costa
Edição: Stéfanie Rigamonti e Allan Ravagnani
Arte: Vinícius Martins/ Mover

Nesta matéria

ELET3

CENTRAIS ELET BRAS S.A. -...

45,84

-0,35

-0,75%

Relacionadas

ELET6

CENTRAIS ELET BRAS S.A. -...

46,50

-0,20

-0,42%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.