0

Risco Brasil sobe acima dos 300 pontos pela 1ª vez desde 2020, diz IHS Markit

mercados

Risco Brasil sobe acima dos 300 pontos pela 1ª vez desde 2020, diz IHS Markit

O risco Brasil tinha ultrapassado a marca pela última vez em maio de 2020; quanto maior o patamar do indicador, maior o risco de calote

Risco Brasil sobe acima dos 300 pontos pela 1ª vez desde 2020, diz IHS Markit
patricia-vilasboas

Atualizado há cerca de 1 mês

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 2 de julho – O risco-país do Brasil, medido pelo Credit Default Swap, CDS, com contrato de cinco anos, ultrapassou os 300 pontos pela primeira vez desde maio de 2020, mostraram dados da IHS Markit, de acordo com o Valor Econômico.

O indicador risco-país mede a capacidade de uma nação de pagar suas contas, com o objetivo de evitar a inadimplência em operações de crédito. Quanto maior o seu patamar, maior a probabilidade de calote.

De acordo com a consultoria S&P Global Market Intelligence, da IHS Markit, o indicador chegou ao patamar de 302 pontos-base no Brasil no início da tarde de quarta-feira, 29. A última vez que o indicador ultrapassou os 300 pontos-base foi em maio de 2020, início da pandemia no Brasil.

O movimento acontece no momento em que o país enfrenta riscos fiscais, com contratos de juros futuros ao longo da curva de vencimentos caindo até 9 pontos-base. Segundo operadores, os contratos de juros seguem corrigindo devido à menor incerteza do mercado sobre a chamada “PEC dos combustíveis”.

A Proposta de Emenda à Constituição dos Combustíveis, aprovada em primeiro turno na quinta-feira, propõe o aumento do Auxílio Brasil de R$400 para R$600, a ampliação do vale-gás e a criação de um voucher caminhoneiro de R$1 mil, além de garantir a gratuidade do uso do transporte público para idosos.

O indicador atingiu uma máxima de 374 pontos-base em 19 de março de 2020, e uma mínima de 91,80 pontos em 20 de fevereiro do mesmo ano, pouco antes da crise da Covid-19 atingir os mercados, segundo dados da World Government Bonds.

Texto: Patrícia Vilas Boas
Edição: Renato Carvalho e Stéfanie Rigamonti
Colaboração: Guilherme Dogo
Imagem: Vinicius Martins / Mover
Comentários: [email protected]

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.