0

Receio com coronavírus diminui e bolsas sobem; fique de olho em Copom, China e emprego nos EUA

mercados

Receio com coronavírus diminui e bolsas sobem; fique de olho em Copom, China e emprego nos EUA

O Ibovespa fechou em alta de 0,81%, aos 115.556 pontos, puxado pela recuperação das ações da Vale, siderúrgicas e Petrobras.

Receio com coronavírus diminui e bolsas sobem; fique de olho em Copom, China e emprego nos EUA
tcuser

Atualizado há mais de 2 anos

Ícone de compartilhamento

Os mercados acionários ignoraram as previsões de desaceleração da economia mundial e o crescimento dos casos de coronavírus para mais de 20 mil contaminados e voltaram a subir hoje, em meio a novos estímulos do Banco do Povo da China para os mercados. O BC chinês anunciou a liberação de mais US$71 bilhões, além dos US$171 bilhões de segunda-feira, em um sinal de que o país não poupará recursos para reduzir o impacto da epidemia mortal na atividade, o que animou os investidores a tomar risco novamente.

 

Com o helicóptero de Xi Jinping despejando dinheiro nos mercados, as bolsas subiram, especialmente em Nova Iorque, e as commodities se recuperaram, com o petróleo em alta durante boa parte do dia, enquanto o ouro caiu e os rendimentos dos Treasuries subiram. Mas essa recuperação ainda é frágil e o humor pode mudar rapidamente diante de números piores da economia chinesa ou sinais de que a epidemia do vírus de Wuhan está se espalhando para outros países. Por isso, atenção hoje à noite aos dados dos institutos de gerentes de compras do setor de serviços chinês, um dos mais atingidos pela quarentena.

 

Nos EUA, o foco estará na enrolada apuração da prévia do Partido Democrata na cidade de Iowa, cujo resultado deve sair hoje à noite, e no discurso do Estado da União do presidente Donald Trump no Congresso, também nesta noite. Trump falará ao Congresso fortalecido, já que deve se livrar do processo de impeachment amanhã, com a maioria republicana no Senado enterrando a ação. Amanhã também saem dados do emprego no setor privado americano, uma prévia dos números oficiais do governo previstos para sexta-feira. No Brasil, as atenções estarão na reunião do Copom, que caminha para cortar os juros básicos de 4,5% para 4,25% no início da noite desta quarta e que pode indicar um derradeiro corte em março.

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.