0

Petróleo não deve disparar após escalada de tensões no Oriente Médio, diz Morgan Stanley

mercados

Petróleo não deve disparar após escalada de tensões no Oriente Médio, diz Morgan Stanley

Petróleo não deve disparar após escalada de tensões no Oriente Médio, diz Morgan Stanley
tcuser

Atualizado há quase 3 anos

Ícone de compartilhamento

As crescentes tensões no Oriente Médio, com provocações às nações de Ocidente por parte do Irã e os riscos de navegabilidade no Golfo Pérsico, não devem levar a um salto sustentado nos preços do petróleo, disse um analista do Morgan Stanley à rede CNBC na manhã de hoje.

 

Em vez disso, Martijn Rats, estrategista global de energia do banco nova-iorquino, espera que haja um crescimento na oferta dos países não membros da Organização de Produtores e Exportadores de Petróleo, a Opep, que mantenha os preços em patamares “relativamente moderados nos próximos meses”. O preço do petróleo WTI chegou a subir quase 2% na madrugada de hoje, em meio a preocupações de que a apreensão de um petroleiro britânico pelo Irã na semana passada possa levar a interrupções no transporte da commodity no Golfo Pérsico.

 

A cotação do petróleo referência para contratos nos Estados Unidos avançava 0,5% a US$55,90 o barril por volta das 10h35.

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.