0

Ibovespa ensaia melhor semana em sete meses, na contramão do exterior

mercados

Ibovespa ensaia melhor semana em sete meses, na contramão do exterior

Ibovespa é apoiado pela ação preferencial da Petrobras, que renova máximas desde 2010, e por empresas ligadas ao setor Financeiro

Ibovespa ensaia melhor semana em sete meses, na contramão do exterior
heriberto-junior

Atualizado há 5 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 14 de janeiro – Em movimento contrário ao S&P500, o Ibovespa operava em alta nesta sexta-feira, ensaiando sua melhor semana desde maio de 2021, apoiado pela ação preferencial da Petrobras, que renovava máximas desde 2010, e por empresas ligadas ao setor Financeiro.

Perto das 12h40, o Ibovespa subia 0,56%, cotado a 106.118 pontos. Já o S&P500 caía 0,45%, com a alta nos juros americanos e de olho na temporada de balanços nos Estados Unidos. No mesmo horário, o dólar futuro avançava 0,11%, seguindo o Índice Dólar DXY, e a curva de juros operava mista.

Traders consultados pela Mover destacavam a aceleração de compras em contratos futuros de Ibovespa por parte de corretoras utilizadas por investidores estrangeiros e institucionais, como Bradesco, Tullett, JPMorgan e UBS.

O índice Financeiro liderava as altas na sessão, recuperando parte das perdas da semana, de olho na divulgação de balanços de bancos americanos. O índice de Materiais Básicos lidera as perdas, em linha com a queda de 1,43% do minério de ferro em Qingdao.

Destaques do Ibovespa

A ação preferencial da Petrobras (PETR4) liderava os ganhos por pontos, em elevação de 2,64%, tendo renovado máximas desde 2010, um dia depois de renovar máximas desde antes da crise de 2008.

As ações ordinárias da BRMalls (BRML3) seguiam entre as maiores altas percentuais no Ibovespa, em elevação de 3,18%. A operadora de shopping centers informou hoje que recusou proposta de fusão da rival Aliansce Sonae, alegando que seu valor justo foi subavaliado. A ação ordinária da Aliansce Sonae (ALSO3) operava na estabilidade.

Os papéis da Minerva (BEEF3) também subiam 3,37% após a empresa revelar ao mercado que estuda migrar sua listagem para a bolsa americana.

Texto: Heriberto Teixeira
Edição: Gabriela Guedes e Stéfanie Rigamonti
Imagem: Vinicius Martins / Mover

Nesta matéria

PETR4

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

26,29

-0,20

-0,75%

Relacionadas

BRML3

BR MALLS PARTICIPACOES S....

7,67

-0,01

-0,13%

BEEF3

MINERVA S.A.

13,49

-0,10

-0,73%

ALSO3

ALIANSCE SONAE SHOPPING C...

16,72

-0,08

-0,47%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.