0

Ibovespa oscila com exterior positivo mas puxado por Petrobras

mercados

Ibovespa oscila com exterior positivo mas puxado por Petrobras

Em dia positivo no exterior, com as bolsas americanas em firme alta, Ibovespa oscila perto da estabilidade puxado pelas ações da Petrobras

Ibovespa oscila com exterior positivo mas puxado por Petrobras
gabriel-brondi

Atualizado há cerca de 1 mês

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 27 de maio – O Ibovespa oscila perto da estabilidade na tarde desta sexta-feira, com as altas das ações da Vale contrastando com as quedas nas da Petrobras, encaminhando o terceiro fechamento semanal no campo positivo.

Perto das 14h50, o Ibovespa avançava 0,20%, aos 112.111 pontos, e ganho semanal de 3,32%, o maior em dois meses. As ações ordinárias da Vale (VALE3) hidratavam o índice com o maior número de pontos, subindo 1,41%, enquanto as preferenciais da Petrobras (PETR4) recuavam 3,49%.

No mesmo horário, o dólar futuro perdia 0,66% aos R$4,737, enquanto os juros futuros operavam mistos. No exterior, o S&P500 subia 1,68%, revertendo sequência de sete quedas semanais consecutivas. O Nasdaq 100 e o Dow Jones também se valorizavam, 2,52% e 0,98%, respectivamente.

Operadores mencionaram que a queda no Ibovespa hoje, protagonizada pelas ações da Petrobras, refletia a melhora do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas últimas pesquisas eleitorais, que já começam a fazer preço. Ontem, o Datafolha divulgou levantamento que apontou para possível vitória em primeiro turno do candidato do PT.

Nos Estados Unidos, o dado de inflação preferido do banco central americano, o Núcleo do Deflator do Consumo Pessoal, confirmou expectativas de desaceleração em relação aos meses anteriores e mostrou que a inflação de 12 meses no país ficou em 4,90%, enquanto o índice amplo, que considera itens voláteis como combustíveis e alimentos, subiu 6,30%, abaixo da expectativa de 6,60%.

Na China, o minério de ferro saltou 4,41% na sessão regular da bolsa de Dalian, fechando a 863,5 iuanes por tonelada, correspondente a US$128. No pós-mercado, os futuros da commodity ganharam mais 3,04%, atingindo 880 iuanes -US$130,7 – por tonelada. Essas altas puxavam as ações do setor de siderurgia na B3.

Sobe e desce do Ibovespa

Entre os índices da B3, o de BDRs era destaque positivo na sessão, subindo 1,44%, enquanto o de Utilities estendia as perdas da véspera, recuando 0,57%.

Na visão percentual, as ordinárias da BRF (BRFS3) e da B3 (B3SA3) lideravam as altas, avançando 4,96% e 3,56%, respectivamente.

Na ponta negativa, as preferenciais e as ordinárias da Petrobras (PETR3) puxavam a fila das quedas, ao lado das ordinárias da MRV (MRVE3).

O mercado segue atento aos papéis da Eletrobras, que operam mistos, após a companhia confirmar que irá precificar a oferta de ações que resultará na privatização da companhia em 9 de junho, conforme adiantado por agências de notícias.

Texto: Gabriel Brondi
Edição: Gabriela Guedes e Stéfanie Rigamonti
Imagem: Mover

Nesta matéria

VALE3

VALE S.A.

75,15

-1,46

-1,90%

Relacionadas

PETR3

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

31,11

0,57

+1,86%

MRVE3

MRV ENGENHARIA E PARTICIP...

8,28

0,47

+6,01%

PETR4

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

28,59

0,60

+2,14%

B3SA3

B3 S.A. - BRASIL, BOLSA, ...

11,19

0,23

+2,09%

BRFS3

BRF S.A.

14,28

0,69

+5,07%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.