0

Ibovespa futuro cai; dólar dispara e curva de juros empina após Copom: Espresso

mercados

Ibovespa futuro cai; dólar dispara e curva de juros empina após Copom: Espresso

O Ibovespa futuro aponta para um início em queda, após o Copom aumentar a Selic e depois do adiamento da votação da PEC dos Precatórios

Ibovespa futuro cai; dólar dispara e curva de juros empina após Copom: Espresso
tcuser

Atualizado há 8 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 28 de outubro – Mesmo com a maior alta na Selic em 19 anos, o mercado de câmbio segue em alta, com o dólar futuro subindo quase 1%, a R$5,591 perto das 9h20. A curva de juros empina, com os contratos longos subindo 15 pontos-base, enquanto os mais curtos recuam levemente. O Ibovespa futuro aponta para mais um início em queda.

O vento negativo continua vindo de Brasília, especialmente após o adiamento da votação da PEC dos Precatórios. O presidente da Câmara, Arthur Lira, disse que houve “prudência” para adiar a votação, devido ao baixo quórum.

BCE

O Banco Central Europeu decidiu manter inalterada a política monetária, com a taxa de juros a 0,00%. A autarquia, porém, confirmou o ritmo “moderadamente mais lento” para a recompra de ativos pelo programa emergencial da pandemia, o PEPP, o que já havia sido anunciado na decisão de setembro. A presidente do BCE, Christine Lagarde, comenta a decisão em coletiva.

IGP-M

Depois de apresentar deflação em setembro, o Índice Geral de Preços – Mercado voltou a crescer em outubro, impulsionado pelo aumento do diesel e pela queda menos acentuada do minério de ferro. De acordo com a FGV, o IGP-M subiu 0,64% neste mês, quando o mercado esperava alta de 0,30%. Em setembro, o índice teve queda de 0,64%. No acumulado de 12 meses, o IGP-M chega a 21,73%.

EUA

Os pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos atingiram 283 mil pedidos, o que representa uma redução de 9 mil pedidos frente à semana passada. Já o Produto Interno Bruto do terceiro trimestre registrou alta de 2,00%, bem abaixo do consenso, que esperava uma alta de 2,70%.

Empresas

O Superior Tribunal de Justiça aceitou liminar da Vale e autorizou a retomada das atividades da mina de níquel de Onça Puma, no Pará. A companhia havia paralisado operações após ter sua licença suspensa a pedido do governo do estado.

E a Environmental ESG, subsidiária da Ambipar, adquiriu 100% da MCZ Soluções Ambientais, que atua no gerenciamento de resíduos de operações privadas na região nordeste. Leia mais no Panorama Corporativo.

Para conferir outras edições do Espresso ao longo do dia e conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: Mover
Edição: Stéfanie Rigamonti
Arte: Vinícius Martins/ Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.