0

Bolsas derretem com Powell e coronavírus; no radar, variante ômicron, Livro Bege, PMI, PEC dos Precatórios: Espresso

mercados

Bolsas derretem com Powell e coronavírus; no radar, variante ômicron, Livro Bege, PMI, PEC dos Precatórios: Espresso

A cautela com nova variante de coronavírus e as falas duras de Jerome Powell derrubou Wall Street e Ibovespa, que negativaram novembro

Bolsas derretem com Powell e coronavírus; no radar, variante ômicron, Livro Bege, PMI, PEC dos Precatórios: Espresso
tcuser

Atualizado há 8 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 30 de novembro– As bolsas fecharam em forte baixa nesta terça-feira, derrubando o resultado do mês, sob o impacto do receio com a nova variante ômicron do coronavírus e afirmações do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, admitindo acelerar a redução das recompras de títulos para subir os juros mais cedo diante da resistência da inflação.

Os juros longos americanos recuaram e as commodities caíram, especialmente o petróleo. Já o Ibovespa caiu, mas segurou os 101 mil pontos, com os investidores aguardando a aprovação da PEC dos precatórios no Senado. Foi o quinto mês seguido de queda do Ibovespa.

Novembro negativo para bolsas no Brasil e EUA

Ibovespa caiu 0,87% a 101.917 pontos, acumulando queda de 1,53% em novembro, o quinto mês consecutivo no negativo, pior sequência desde 2013, com forte aversão ao risco global em meio às preocupações sobre a nova variante do coronavírus e digerindo falas mais duras de Jerome Powell, o que fez o dólar futuro subir 0,30% a R$5,657. No mês, porém, acumulou perda de 0,67%. Já a curva de juros recuou em até 20 pontos-base, com exceção DI para janeiro de 2022, de olho em PEC dos Precatórios, que pode ser apreciada ainda hoje.

Wall Street também encerrou negativo com as incertezas em relação à variante ômicron do coronavírus se somando às falas mais duras do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, sobre persistência da inflação e aceleração do ritmo de redução de estímulos.

O Dow Jones caiu 1,86% e o S&P500, 1,90%, acumulando quedas mensais de 3,73% e 0,83%, respectivamente. Já o Nasdaq 100 recuou 1,61% hoje, mas ainda subiu 1,80% em novembro. Em linha com a aversão ao risco, o Brent para fevereiro derreteu 5,45% e o WTI para janeiro, 5,39%. Em novembro, perderam 17,30% e 20,80%, respectivamente.

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins/ Mover

Nesta matéria

CCRO3

CCR S.A.

13,76

-0,33

-2,34%

Relacionadas

CASH3

M�LIUZ S.A.

1,25

-0,04

-3,10%

LWSA3

LOCAWEB SERVI�OS DE INTER...

8,99

-0,20

-2,17%

BBAS3

BCO BRASIL S.A.

41,86

1,77

+4,42%

YDUQ3

YDUQS PARTICIPACOES S.A.

15,45

-0,66

-4,09%

CVCB3

CVC BRASIL OPERADORA E AG...

6,91

-0,09

-1,28%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.