0

Bancos aumentam investimento em tecnologia para lidar com fraudes e open finance

mercados

Bancos aumentam investimento em tecnologia para lidar com fraudes e open finance

Os bancos devem investir R$35,5 bilhões em 2022, entre despesas e aportes em tecnologia, valor principalmente destinado a softwares

Bancos aumentam investimento em tecnologia para lidar com fraudes e open finance
beatriz-cantadori

Atualizado há cerca de 1 mês

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 26 de maio – Os bancos brasileiros devem investir R$35,5 bilhões em tecnologia neste ano, voltados principalmente para segurança cibernética, inteligência artificial e open finance, segundo pesquisa da Federação Brasileira de Bancos e a Deloitte divulgada na última quarta-feira.

O estudo apontou que os gastos em serviços de big data e analytics devem aumentar, com a popularização do open finance – compartilhamento voluntário de dados de clientes pessoas físicas e jurídicas entre bancos.

“Esse indicador revela uma estratégia de busca por maior conhecimento sobre o usuário para subsequente oferta de soluções inovadoras e customizadas”, informa um trecho da pesquisa.

Cerca de R$17,4 bilhões serão destinados à compra de softwares, enquanto as despesas dos bancos com equipamentos devem atingir 27% do montante, e os serviços de tecnologia da informação, 7%.

O estudo envolveu 17 instituições financeiras que representam 82% dos ativos bancários do Brasil. Os gastos em tecnologia neste ano aumentaram 18% em relação a 2021, quando atingiram R$30,1 bilhões.

Home office

A pesquisa também apontou para a tendência de estabelecimento de trabalho virtual ou híbrido no setor bancário. Mais da metade dos bancos consultados pelo estudo, 53%, deverá investir em estruturas para home office ao longo deste ano, como computadores, segurança e tecnologia de informação, armazenamento em nuvem e internet.

A Febraban espera que esses investimentos ultrapassem os R$ 46 milhões. “A expectativa é que os bancos continuem transformando os modelos de atendimento presencial, influenciados pela mudança do comportamento do consumidor”.

Texto: Beatriz Lauerti
Edição: Stéfanie Rigamonti e Gabriela Guedes
Arte: Vinícius Martins/ Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.