0

Auxílio Brasil derruba Ibovespa e leva dólar a pior nível em seis meses

mercados

Auxílio Brasil derruba Ibovespa e leva dólar a pior nível em seis meses

O anúncio de aumento do Auxílio Brasil a R$400, com parte dele fora do Teto de Gastos, fez o Ibovespa chegar aos 110 mil pontos nesta terça

Auxílio Brasil derruba Ibovespa e leva dólar a pior nível em seis meses
clara-castro

Atualizado há 8 meses

Ícone de compartilhamento

Ribeirão Preto, 19 de outubro – O Ibovespa fechou esta terça-feira com a pior queda desde 8 de setembro em meio à renovação das preocupações sobre o cenário fiscal brasileiro, com possibilidade de aumento no valor do Auxílio Brasil e com o adiamento das discussões sobre os precatórios.

O índice de referência da Bolsa de Valores de São Paulo fechou com perdas de 3,28% a 110.672 pontos. A maior queda percentual do Ibovespa foi da ação preferencial da Azul (AZUL4), de 10,36%, reflexo de forte fluxo vendedor e institucional estrangeiro.

Na sequência, a ordinária da Cielo (CIEL3) caiu 9,20% e a da Méliuz (CASH3), 8,47%, diante da disparada dos juros e da fuga de investidores. Apenas a unit da Getnet (GETT11) subiu, em 17,88%, dando continuidade ao rali de estreia da véspera.

O desempenho local descolou do internacional. Em Nova York, o clima foi de otimismo após os bons resultados das empresas no terceiro trimestre. O Dow Jones fechou em alta de 0,56%, o S&P500, de 0,74%, e o Nasdaq 100, 0,72%. Amanhã, os investidores ficarão atentos à divulgação do Livro Bege e dos balanços de empresas.

Os contratos de juros futuros avançaram entre 48,5 e 62 pontos-base, com maior força na curva média, enquanto o dólar futuro e o EWZ ensaiavam o pior fechamento desde abril. Perto das 17h10, a moeda americana subia 1,37% no mercado futuro, a R$5,601.

Auxílio Brasil

Investidores reagem à notícia de que o valor do novo Bolsa Família, chamado de Auxílio Brasil, pode ser elevado de R$300 para R$400 mensais, com parte desse reajuste fora do Teto de Gastos. O anúncio que seria feito hoje pelo governo sobre o programa social foi cancelado.

Além disso, com o objetivo de ajustar a proposta para acomodar o Auxílio Brasil, a reunião da comissão que analisa a Proposta de Emenda à Constituição dos Precatórios foi adiada para amanhã. No radar, fica a continuidade das discussões sobre o Auxílio Brasil e os precatórios, além da divulgação da prévia de produção do terceiro trimestre da Petrobras após o fechamento.

Texto: Clara Guimarães
Edição: Karina Sena
Arte: Vinicius Martins / Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.