0

Agenda de investimentos 2021: Ano das commodities

mercados

Agenda de investimentos 2021: Ano das commodities

Agenda de investimentos 2021: Ano das commodities
tcuser

Atualizado há mais de 1 ano

Ícone de compartilhamento

O atual rali das mercadorias não deve parar tão cedo, refletindo o rápido ritmo de recuperação na China, a crescente demanda por fibra, minerais e metais e a reabertura gradual das economias como principais motores da alta nos preços do minério, o cobre e a celulose. Por exemplo, o preço do minério de ferro – uma das exportações mais importantes do Brasil – subiu mais de 50% nos últimos seis meses devido à maior demanda em meio a uma oferta ainda restrita.

A retomada econômica global em 2021 deve também dar suporte aos preços do cobre, apontaram. Há quem aposta em aumentos nos preços de celulose e do papel, com a demanda retomando e gargalos pontuais na oferta. Mas… cuidado: algumas das bases desse rali podem ser frágeis. Por exemplo, ele é muito dependente da China. E, se as tensões comerciais entre os Estados Unidos e a China ressurgirem, o segmento das matérias primas será o primeiro a sofrer.

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.