0

Província onde ômicron foi detectada tem aumento de 400% em hospitalizações

internacional

Província onde ômicron foi detectada tem aumento de 400% em hospitalizações

As hospitalizações estão crescendo rapidamente em Gauteng, província da África do Sul onde foi detectada a ômicron pela primeira vez

Província onde ômicron foi detectada tem aumento de 400% em hospitalizações
stefanie-rigamonti

Atualizado há 8 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 1 de dezembro – Apesar de dados preliminares mostrarem que a nova cepa do coronavírus manifesta-se de forma mais leve e não causou até agora nenhuma morte, as hospitalizações estão crescendo rapidamente em Gauteng, província da África do Sul onde está localizada a capital do país e onde foi detectada a ômicron pela primeira vez.

Segundo o Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis do país, as hospitalizações aumentaram quase 400% em Gauteng desde o início de novembro, de acordo com a imprensa internacional. A província concentra 84% de todos os casos no mundo da nova cepa, que possui dezenas de mutações. Em toda a África do Sul, o aumento de hospitalizações é de 63%.

Ontem, o instituto informou que a ômicron tem grandes chances de substituir a Delta como a variante do coronavírus de maior contágio.

De acordo com uma publicação compartilhada há pouco pelo diretor do Centro para Resposta Epidêmica e Inovação na África do Sul, Tulio de Oliveira, os casos de coronavírus detectados no país hoje somam 6.168, aumento de 424% em uma semana.

Embora a Organização Mundial da Saúde tenha dito que a nova cepa representa alto risco global, em coletiva de imprensa realizada hoje a OMS ressaltou que é cedo para afirmar se a ômicron é mais transmissível, ou se ela escapa das vacinas existentes. A organização incentivou a imunização como principal meio de combate à doença.

No Brasil, já foram detectados três casos da nova variante, sendo dois deles um casal vindo recentemente da África do Sul e que já tinha sido imunizado com a vacina contra a covid-19 da Janssen.

Texto: Stéfanie Rigamonti
Edição: Renato Carvalho
Imagem: Vinicius Martins / Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.