0

Goldman Sachs aproveita guerra, inflação e sai na frente de rivais no trimestre

internacional

Goldman Sachs aproveita guerra, inflação e sai na frente de rivais no trimestre

No balanço de primeiro trimestre, o Goldman Sachs superou seus concorrentes em linhas atreladas a tesouraria e gestão de risco

Goldman Sachs aproveita guerra, inflação e sai na frente de rivais no trimestre
tcuser

Atualizado há 3 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 14 de abril – O banco Goldman Sachs se beneficiou da convulsão do mercado causada pela onda inflacionária global e o conflito na Ucrânia para bater consensos de lucro e receita e mostrar desempenho melhor do que seus arquirrivais no primeiro trimestre.

Arquétipo do capitalismo e por décadas o mais rentável entre os maiores bancos de investimento do mundo, Goldman Sachs superou seus concorrentes em linhas atreladas a tesouraria e gestão de risco, em meio a um ambiente de mercado marcado por elevações nos juros e temores com a invasão russa à Ucrânia.

Hoje, tanto Goldman quanto Morgan Stanley, Wells Fargo e Citigroup divulgaram balanços do primeiro trimestre com destaque para maiores provisões de crédito, receitas menores e controles de despesa que mostraram um mercado mais desafiador.

Em momentos de alta volatilidade como o atual, atividades ligadas a fusões e emissões de dívida, ou criação de produtos, sofrem com a maior aversão ao risco. Um declínio nas bolsas americanas, a invasão da Ucrânia e a decisão do Federal Reserve, banco central americano, de elevar os juros pela primeira vez em mais de três anos tornaram o ambiente dos bancos mais desafiador.

O lucro líquido do Goldmam Sachs derreteu 42% na base anual, para US$3,94 bilhões, ou US$ 10,76 por ação, refletindo a menor atividade de fusões e emissões de valores mobiliários no período. O consenso era de US$8,95. A receita caiu 27%, a US$12,9 bilhões, mas veio US$1,1 bilhão acima do esperado.

Hoje o banco disse que sua mesa de renda fixa faturou US$4,72 bilhões em receita, um terço acima das projeções, refletindo forte atividade de clientes em moedas e commodities. A mesa de ações gerou US$3,15 bilhões em receita, também acima do esperado.

Os resultados ilustram que a estratégia do diretor-presidente David Solomon de diversificar a receita do Goldman Sachs funcionou: desta vez, foram as mesas de negociação que ajudaram a mitigar os menores ganhos de assessoria financeira e banco de investimento no trimestre.

Maior assessor global de fusões, o Goldman Sachs é também o mais dependente nas receitas de assessoria financeira entre os seis maiores bancos americanos.

Já o Morgan Stanley, arquirrival do Goldman em fusões e tesouraria, lucrou US$2,02 por ação no trimestre, acima do consenso de US$1,69. A receita também superou as estimativas também, apesar da disparada na volatilidade do mercado e a incerteza, de acordo com a mensagem do diretor-presidente James Gorman.

“Os resultados do trimestre afirmam que nosso modelo de negócios sustentável está bem posicionado para impulsionar o crescimento no longo prazo”’ escreveu Gorman no balanço.

Resultados de outros bancos

O Wells Fargo reportou lucro trimestral ajustado de US$0,88 por ação, ante consenso de US$0,81. A receita ficou abaixo das projeções dos analistas. Em comunicado, o banco disse que, apesar de as altas de juros nos Estados Unidos serem benéficas para o negócio, um viés mais agressivo do Federal Reserve e o conflito na Ucrânia trazem mais riscos.

Já o lucro líquido do Citigroup despencou 46%, para US$4,3 bilhões, ou US$ 2,02 por ação, na esteira de maiores provisões e custos de crédito mais altos. A receita caiu 2%, para US$19,2 bilhões, mas superou as projeções.

Em um tom similar ao do Goldman Sachs, os traders do Citigroup “souberam navegar muito bem pelo ambiente, com fortes ganhos nas mesas de câmbio e commodities”, disse a diretora-presidente Jane Fraser nas notas do balanço.

Texto: Gustavo Boldrini e Artur Horta
Edição: Guillermo Parra-Bernal e Allan Ravagnani
Imagem: Vinicius Martins / Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.