0

Câmara dos EUA aprova pacote trilionário de estímulos de Biden

internacional

Câmara dos EUA aprova pacote trilionário de estímulos de Biden

Estimado em cerca de US$1,7 trilhão, o pacote de estímulos de Biden é voltado para educação, saúde e mudanças climáticas

Câmara dos EUA aprova pacote trilionário de estímulos de Biden
guilherme-maradei-dogo

Atualizado há 7 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 19 de novembro – Por 220 votos a favor e 213 contra, a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou hoje o pacote de estímulos “Build Back Better” do presidente Joe Biden, voltado para educação, saúde e mudanças climáticas, estimado em cerca de US$1,7 trilhão.

Apesar da vitória para os democratas, o texto agora segue para o Senado, onde tem mais resistências dentro do próprio partido democrata e pode sofrer alterações para reduzir seu tamanho, tendo em vista o aumento da dívida e a inflação nos últimos meses. A votação deve ser concluída antes do Natal, mas, se houver mudanças, a Câmara terá de analisar novamente o texto.

Biden, que já conseguiu a aprovação do plano de infraestrutura, conta com mais esse avanço para tentar melhorar a popularidade entre os americanos, especialmente a um ano das eleições legislativas, que podem definir se os democratas vão continuar com o comando da Câmara e do Senado.

Para os republicanos, o projeto agrava o cenário inflacionário e pode desacelerar a economia. O escritório de Orçamento do Congresso americano calcula que a implementação das medidas deve resultar em um aumento do déficit na ordem de US$367 bilhões entre 2022 e 2031. O estudo, porém, não leva em conta a receita adicional de novos impostos. O Tesouro americano diz que a provisão com taxas gerará US$400 bilhões, o que seria suficiente para pagar o projeto.

O plano pretende criar um programa universal de pré-escola, limitando os custos de creches para famílias americanas, além de reduzir os preços de medicamentos pelo Medicare e o Medicaid, e atuar também na transição para uma economia mais verde, expandido os créditos fiscais para reduzir as emissões de carbono.

Texto: Guilherme Dogo
Edição: Angelo Pavini
Arte: Vinicius Martins / Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.