0

Weg lucra R$943,9 milhões no 1º trimestre, alta de 23,5% na base anual

empresas

Weg lucra R$943,9 milhões no 1º trimestre, alta de 23,5% na base anual

Resultado da Weg foi impulsionado pelas vendas de eletroeletrônicos, por receitas de geração de energia e pela expansão internacional

Weg lucra R$943,9 milhões no 1º trimestre, alta de 23,5% na base anual
artur-horta

Atualizado há cerca de 2 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 27 de abril – A Weg divulgou seu balanço do primeiro trimestre nesta quarta-feira com números melhores do que os esperados pelo mercado, impulsionado pelo desempenho de vendas de eletroeletrônicos, pelas receitas de geração de energia e equipamentos para o setor e por sua expansão internacional.

O lucro líquido da multinacional catarinense fabricante de motores acelerou 23,5% na base anual, para R$943,9 milhões, acima do consenso Mover de R$874,3 milhões. Em relação ao trimestre anterior, o resultado subiu 8%.

A receita líquida avançou 34,5% no comparativo anual, para R$6,83 bilhões, superando a estimativa de R$6,48 bilhões. Já o EBITDA – lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização – foi de R$1,23 bilhão, alta de 21,3% na mesma base e acima do consenso de R$1,10 bilhão, apesar da perda de 1,9 ponto percentual na margem, para 18,1%.

O mercado interno representou fatia de 51% da receita operacional líquida da Weg, não só pela valorização do real ante o dólar no período, mas, também, pelo desempenho de vendas domésticas.

No segmento de eletroeletrônicos industriais, a Weg informou aumento de demanda por equipamentos de ciclo longo e ciclo curto, principalmente pelos setores de mineração, agricultura, saneamento e papel e celulose.

A receita de Geração, Transmissão e Distribuição de Energia dobrou em um ano, com o aumento na demanda por geração solar distribuída e por geradores para projetos de leilões de transmissão.

Já a venda de equipamentos de ciclo curto para a China e os Estados Unidos impulsionou a receita da Weg no exterior. A companhia viu maior faturamento ligado aos setores de óleo e gás e ganhou participação no mercado de motores na América do Norte.

Por outro lado, a alta de matérias-primas como o aço e o cobre “foram fatores decisivos para a redução das margens operacionais”, informou um trecho do balanço. O custo de produtos vendidos disparou 42,7% ante o primeiro trimestre de 2021.

As ações ordinárias da Weg (WEGE3) encerram o pregão de ontem em queda de 3,94%, cotadas a R$29,98. A diretoria deve dar mais detalhes sobre o balanço do quarto trimestre em teleconferência às 11h.

Texto: Artur Horta
Edição: Gabriela Guedes
Imagem: Vinicius Martins / Mover

Nesta matéria

WEGE3

WEG S.A.

26,46

0,55

+2,12%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.