0

Varejo e tecnologia disparam com queda nos juros longos e resultados da Black Friday

empresas

Varejo e tecnologia disparam com queda nos juros longos e resultados da Black Friday

Queda nos rendimentos da cauda longa dos juros futuros, resultados da Black Friday e alívio em relação à ômicron contribuem para altas

Varejo e tecnologia disparam com queda nos juros longos e resultados da Black Friday
gustavo-cunha-boldrini

Atualizado há 8 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 3 de dezembro – Ações de empresas do varejo e de tecnologia ligadas ao e-commerce operam em forte alta no pregão desta sexta-feira, impulsionadas por dados positivos da Black Friday e ajuste após as quedas das últimas semanas.

Perto das 14h50, as ações ordinárias da Méliuz (CASH3) lideravam os ganhos percentuais do Ibovespa, com alta de 18,77, a R$3,10%. Em seguida, vinha Locaweb (LWSA3), em alta de 8,43%, a R$ 12,73, e Grupo Soma (SOMA3), em elevação de 7,90%, a R$13,66.

Os papéis da Via (VIIA3) subiam 2,91%, a R$5,30, enquanto os de Magazine Luiza (MGLU3) avançavam 2,57%, a R$6,93, e os da Americanas (AMER3) ganhava 0,84%, a R$27,67.

O movimento de retorno a papéis mais cíclicos – mais sensíveis ao cenário macroeconômico – também é fruto da queda nos rendimentos da cauda longa dos juros futuros, que recuam até 25 pontos-base nos contratos com vencimento em 2027. As taxas são impactadas pelo alívio na percepção de risco após a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição dos Precatórios ontem no Senado, apontam traders.

O receio em relação à variante ômicron, que vem derrubando ações cíclicas desde a sexta-feira, também volta a dar sinais de esfriamento, após o presidente executivo da farmacêutica BioNTech dizer à agência Reuters que a vacina contra a covid-19 que produz em parceria com a Pfizer pode ser “rapidamente adaptada” à nova cepa.

No caso das companhias de tecnologia, dados positivos da Black Friday sustentam as altas: a Mosaico reportou crescimento de 105% no volume de vendas, ou GMV, em comparação com a data do ano passado. Na Méliuz, a alta foi de 87% e a Infracommerce teve crescimento de 35% em seu volume de vendas na mesma base comparativa.

O papel ordinário da Mosaico (MOSI3) ganhava 9,41%, a R$9,30; e o da Infracommerce (IFCM3) era o único do setor de tecnologia a cair, a 3,33%, cotado a R$14,50.

No mesmo horário, o Ibovespa avançava 0,67%, aos 105.166 pontos.

Texto: Gustavo Boldrini
Edição: Gabriela Guedes e Stéfanie Rigamonti
Imagem:

Nesta matéria

CASH3

M�LIUZ S.A.

1,22

-0,12

-8,95%

Relacionadas

AMER3

AMERICANAS S.A

13,68

-0,62

-4,35%

IFCM3

INFRACOMMERCE CXAAS S.A.

7,85

-0,73

-8,50%

VIIA3

VIA S.A

2,78

-0,13

-4,45%

LWSA3

LOCAWEB SERVI�OS DE INTER...

8,78

0,09

+1,03%

SOMA3

GRUPO DE MODA SOMA S.A.

11,07

-0,53

-4,56%

MGLU3

MAGAZINE LUIZA S.A.

3,07

-0,19

-5,81%

MOSI3

Mosaico Tecnologia ao Con...

0,00

0,00

+0,00%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.