0

Sanepar oferece R$217 milhões em acordo com Maringá, dizem fontes

empresas

Sanepar oferece R$217 milhões em acordo com Maringá, dizem fontes

O valor foi oferecido pela Sanepar à prefeitura de Maringá em uma audiência com o Supremo Tribunal Federal em 24 de abril

Sanepar oferece R$217 milhões em acordo com Maringá, dizem fontes
bruna-narcizo

Atualizado há cerca de 2 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 28 de abril – A Sanepar ofereceu R$217 milhões para a prefeitura de Maringá em um acordo que pretende encerrar o imbróglio sobre o fornecimento do serviço de água e esgoto para o município, de acordo com fontes e documentos obtidos pelo Scoop by Mover.

O valor foi oferecido em uma audiência com o Supremo Tribunal Federal em 24 de abril. Se aceito pelo Ministério Público do Paraná e pelo município, a companhia de saneamento garante a concessão de água e esgoto em Maringá até 2040. A redação final do acordo deve ser entregue até 23 de maio.

Segundo o último balanço da companhia, publicado no dia 25 de fevereiro, o contrato de Maringá é o terceiro maior da Sanepar, atrás apenas de Curitiba e Londrina, e representava 5,4% da receita total da empresa em 31 de dezembro de 2021.

O acordo traz previsibilidade e segurança jurídica, de acordo com Rodrigo Bertoccelli, advogado, sócio do escritório Felsberg e professor na área de saneamento.

Segundo ele, como esse processo é antigo e a Sanepar havia perdido em todas as instâncias, a perda da concessão de Maringá já estava precificada pelos acionistas. O acordo seria uma reversão desse prognóstico. “A concessão estava sub judice e com precedentes de perda para a Sanepar em todas as instâncias. O acordo traz um fluxo de caixa positivo com a prorrogação da concessão”, diz.

Procuradas, a Sanepar e a prefeitura de Maringá não comentaram até o momento.

A Sanepar é concessionária em Maringá desde 1980, quando firmou um primeiro contrato de abastecimento por 30 anos. Em 1996 a concessão foi prorrogada por mais 30 após o final do contrato, que seria em 2040. A prorrogação foi denunciada pelo MP estadual em 2009, que afirmava que não houve licitação para a renovação.

As ações preferenciais da Sanepar (SAPR4) fecharam o pregão de quarta-feira em alta de 1,51%, sendo vendidas a R$ 4,04. No ano, os papéis da empresa valorizaram 7,71%.

*Esta reportagem foi publicada primeiro na última quarta-feira, 27, exclusivamente aos assinantes. Quer receber notícias e furos em primeira mão? Assine um dos planos do TC.

Texto: Bruna Narcizo
Edição: Allan Ravagnani
Imagem: Vinicius Martins / Mover

Nesta matéria

SAPR4

CIA SANEAMENTO DO PARANA ...

3,73

0,04

+1,08%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.