0

Petrobras (PETR4) perde quatro conselheiros após ingerência de Bolsonaro

empresas

Petrobras (PETR4) perde quatro conselheiros após ingerência de Bolsonaro

Quatro membros do conselho de administração da Petrobras indicados pelo governo pediram para sair, em resposta à ingerência de Bolsonaro

Petrobras (PETR4) perde quatro conselheiros após ingerência de Bolsonaro
guillermo-parra-bernal

Atualizado há mais de 1 ano

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 3 de março – Quatro membros do conselho de administração da Petrobras indicados pelo governo, o acionista controlador da estatal, pediram para sair, em resposta à decisão do presidente Jair Bolsonaro de mudar o comando da companhia por conta da recente disparada no preço dos combustíveis. A petroleira é negociada na bolsa brasileira pelos códigos PETR3 e PETR4.

 

Carneiro da Cunha explicita sua saída pelas recentes mudanças

Em nota, a Petrobras disse que os conselheiros João Cox Neto, Nivio Ziviani, Paulo Cesar de Souza e Silva e Omar Carneiro da Cunha pediram para não ser reconduzidos para o cargo por diversos motivos. Carneiro da Cunha foi explícito ao afirmar que “os recentes acontecimentos relacionados as alterações na alta administração da Petrobras, e os posicionamentos externados pelo representante maior do acionista controlador da mesma” forçaram o pedido. Souza e Silva pediu para sair em virtude do seu mandato ser “interrompido inesperadamente”.

Já Cox e Ziviani destacaram apenas “razões pessoais”. Além deles, o atual presidente da estatal Roberto Castello Branco, que também é conselheiro, vai deixar a empresa em 20 de março. A situação era esperada: duas fontes disseram à TC Mover em 19 de fevereiro que conselheiros e diretores da empresa planejavam uma demissão em massa em protesto pela saída abrupta de Castello Branco do comando da empresa. Castello Branco teria dito que a estatal não tinha nada a ver com uma eventual greve dos caminhoneiros – o que teria desatado a ira de Bolsonaro, que levava apaziguando sindicatos de caminhoneiros para não paralisar o país por conta do diesel mais caro.

Com a decisão dos quatro conselheiros, a União vai precisar buscar substitutos para o novo conselho que será eleito em Assembleia Geral Extraordinária. O conselho deve decidir a nomeação do novo presidente da Petrobras indicado por Bolsonaro, o general da reserva Joaquim Silva e Luna.

 

Desempenho das ações da Petrobras (PETR3 e PETR4)

 

ação da Petrobras - PETR4

 

Perto das 10h20, o papel preferencial da Petrobras, código PETR4, caía 1,68%, cotado a R$21,62. Já a ação ordinária, código PETR3, cedia 1,51%, a R$21,58. No mesmo horário, o Ibovespa operava em queda de 0,39%, aos 111,1 mil pontos.

Para acompanhar o desempenho das ações da Petrobras e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Guillhermo Parra-Bernal
Edição Leandro Tavares e Letícia Matsuura
Arte: TC Mover


Leia também

Ativos de risco sobem; no radar, Covid-19, Livro Bege, PIB, PEC: Espresso

Calendário Econômico: PIB, PMI, Livro Bege

Especial: Vale (VALE3) repete como queridinha nas carteiras em março, enquanto Petrobras (PETR4) despenca

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.