0

Disparada do petróleo eleva defasagem nos preços da Petrobras, alerta Abicom

empresas

Disparada do petróleo eleva defasagem nos preços da Petrobras, alerta Abicom

Sérgio Araújo, presidente da Abicom, disse que o petróleo Brent a US$111 e o dólar a R$5,16 colaboram para alta na defasagem da Petrobras

Disparada do petróleo eleva defasagem nos preços da Petrobras, alerta Abicom
simone-kafruni

Atualizado há 4 meses

Ícone de compartilhamento

Brasília, 2 de março – A defasagem entre os preços internacionais da gasolina e do diesel e o quanto é cobrado no Brasil pela Petrobras alcançou 24% para os dois combustíveis, informou ao Scoop by Mover a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis.

Nos cálculos da Abicom, a gasolina vendida pela Petrobras está R$0,83 por litro abaixo do preço internacional, e a defasagem no diesel está em R$1,02 por litro. De acordo com Sérgio Araújo, presidente executivo da Abicom, o salto do Brent para US$111 e o dólar a R$5,16, causaram a disparada.

Ontem, a defasagem medida pela Abicom estava em 13%, ou R$0,47 por litro para a gasolina, e 12%, ou R$0,51 por litro, para o diesel. Com a abertura do mercado de câmbio, às 13h, a defasagem informada em primeira mão ao Scoop deverá sofrer alterações.

A metodologia da Abicom para o cálculo de Gasolina A e Diesel A S10 compara a média dos preços da gasolina importada do Golfo dos Estados Unidos cobrada nos portos de Itacoatiara, Itaqui, Suape, Aratu, Santos, e Araucária, com o preço cobrado pela Petrobras nas refinarias.

*Esta matéria foi publicada primeiro exclusivamente para os assinantes. Quer receber notícias e furos em primeira mão? Assine um dos planos do TC.

Texto: Simone Kafruni
Edição: Renato Carvalho
Imagem: Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.