Influência das notícias nas oscilações de preço do mercado

Influência das notícias nas oscilações de preço do mercado

jose-lucas

20 JUN

3 MIN

Influência das notícias nas oscilações de preço do mercado

Se você fez algum investimento em renda variável na bolsa de valores nos últimos anos, deve ter percebido que os preços dos ativos oscilam muito de acordo com a “temperatura” do mercado. No artigo de hoje, vamos falar um pouco mais sobre como as notícias acabam impactando e influenciando os preços das ações negociadas em bolsa.

Entretanto, primeiramente precisamos entender o processo de precificação das ações, pois as notícias acabam alterando os preços.

  • Como funciona a precificação das ações
  • O impacto das notícias nos preços
  • Conclusão

Boa leitura!

Como funciona a precificação das ações

A lei da oferta e demanda acaba conseguindo explicar bem, de forma simples e fácil, como funciona esse sistema.

Quando há qualquer negociação na bolsa de valores, precisa-se de dois agentes para ser realizada: o comprador e o vendedor.

O comprador é o agente que está demandando aquele ativo a fim de encarteirar ou especular. Do outro lado, o vendedor é aquele que está interessado em se livrar do papel, ofertando-o ao mercado ou até mesmo “apostando” na queda do seu preço.

Os preços das ações se dão a partir das ações tomadas por esses agentes que operam o mercado, dado o sentimento atual em relação a um fator específico ou diversos fatores, seja ele achar que a ação subiu demais, alguma notícia que irá impactar o operacional da companhia, o cenário macroeconômico, o apetite dos investidores pela compra ou venda, as expectativas em relação ao resultado da empresa, dentre outros.

O impacto das notícias nos preços

Existem alguns tipos de notícias que acabam causando um impacto no mercado financeiro. Hoje vamos abordar cinco delas:

  • Notícias sobre ações
  • Notícias sobre índices financeiros
  • Breaking News
  • Notícias pré-agendadas
  • Notícias de opinião

Primeiro, vamos falar das notícias sobre ações que é muito mais comum aparecer em veículos de imprensa nichados do que na grande mídia. Isso porque acabam trazendo informações sobre o desempenho e/ou resultados previstos para os papéis.

Também existem as notícias sobre índices financeiros que, basicamente, acabam abordando sobre as oscilações que acontecem no dia a dia em determinado índice do mercado, como por exemplo, o índice imobiliário.

Comumente é noticiado algo sobre o índice Ibovespa, que comporta as maiores ações negociadas na bolsa de valores brasileira e que, inclusive, também é acompanhado pela grande mídia.

As notícias pré-agendadas, como o próprio nome já deixa claro, são notícias veiculadas em uma data e horário já previsto anteriormente. Os números do PIB, IPCA, as reuniões do Copom para determinar a taxa básica de juros do país, o índice de desemprego, são alguns exemplos.

Em geral, são informações que impactam diretamente as expectativas dos agentes e, consequentemente, a precificação dos ativos.

Já as notícias de opinião é dada por especialistas no assunto como os analistas de corretoras ou casas de análise e, até mesmo, gestores de fundos emitindo suas opiniões referente a um determinado ativo ou sobre o cenário macroeconômico.

Por fim, as chamadas Breaking News, que são as notícias de caráter de urgência que acabam acontecendo de forma inesperada e impactam de uma forma mais rápida e abrupta a precificação dos ativos. A guerra na Ucrânia, por exemplo, com a invasão da Rússia, escândalos políticos, intervenções do governo em alguma empresa estatal listada em bolsa, etc.

Conclusão

Portanto, existe algo em comum que acontece em todos os tipos de notícias: seus efeitos em relação a tomada de decisão dos agentes financeiros que operam no mercado.

Como somos seres emocionais, a precificação dos ativos é dada em relação a como as pessoas irão agir a partir do momento que recebem essas informações.

Com isso, acabamos observando distorções no mercado, seja para cima ou para baixo. Contudo, com a experiência acumulada e a frieza na hora de tomar a decisão, conseguimos aproveitar essas janelas de oportunidades que nos é dado com o sentimento de euforia ou medo da maioria das pessoas.

Baixe nosso app grátis! No TC você acompanha as principais notícias e cotações do mercado em tempo real, além de ter acesso a canais exclusivos para interagir com os melhores profissionais.

A gente também está no Instagram e no TikTok. Acompanhe!

Graduando em Ciências Econômicas pela UFPB | Estagiário de Análise Técnica do TC

Análise Fundamentalista

E-BOOK

Análise Fundamentalista

Neste e-book, abordaremos de forma simplificada os principais pontos que você precisa saber para entender a Análise Fundamentalista nas suas decisões de investimento.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.