Uma breve análise histórica da gasolina no Brasil

Uma breve análise histórica da gasolina no Brasil

vitor

20 JUN

4 MIN

Uma breve análise histórica da gasolina no Brasil

O preço da gasolina é algo que está em destaque todos os dias nos jornais nos últimos tempos. Na última sexta-feira, 17 de junho, foi anunciado mais um reajuste no preço dos combustíveis.

O contexto internacional conturbado tem sido apontado como um dos principais fatores para as distorções no preço e até mesmo na demanda, uma vez que a Rússia é um dos principais produtores internacionais, além de todas incertezas oriundas da guerra na Ucrânia.

O grande ponto que lança o foco sobre os combustíveis é o fato dele funcionar de forma indireta como um balizador dos preços da economia como um todo.

O impacto do preço da gasolina

Além do impacto direto ao consumidor que utiliza os combustíveis para o transportes nos veículos particulares, há também os impactos sobre os demais produtos da economia através do custo do frete.

divisão modal

Fonte: Plano Nacional de Logística 2025

Como é possível observar no quadro disponibilizado pelo PNL, cerca de 65% do transporte de cargas no Brasil ocorre pelas rodovias. Nesse sentindo, com o aumento no preço dos combustíveis, há um efeito cascata. Ou seja, o aumento do diesel implica em um custo maior do frete, que chega até ao consumidor final produtos mais caros.

Além disso, os combustíveis impactam também o consumidor de forma mais direta. Isso se dá através do transporte particular e do aumento das passagens aéreas, uma vez que com combustíveis mais caros, os custos das companhias aéreas aumentam e o repasse é realizado para o consumidor.

Quando observamos a inflação nos últimos meses, é visível a participação significativa do grupo relacionado aos transportes na composição do indicador. No mês de maio, a inflação registrada foi de 0,47% e o maior impacto veio justamente do setor de transportes, como aponta a notícia publicada pelo IBGE.

O preço histórico da gasolina no Brasil

A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis disponibiliza no site os preços de revenda dos combustíveis no Brasil. Para fins de análise, vamos observar a trajetória do preço do litro da gasolina comum de 2013 a maio de 2022 aqui no Brasil.

O primeiro ponto utilizado para avaliar os preços foi deflacionar, ou seja, retirar o efeito da inflação ao longo desse período de tempo.

Sendo assim, todos os preços médios mensais da gasolina comum no período de janeiro de 2013 a maio de 2022 foram trazidos para os valores de maio de 20220.

Para deflacionar, foi utilizado o índice de inflação oficial do país, o IPCA. Abaixo, temos a série histórica do preço real da gasolina comum.

Análise dos dados

preço real da gasolina

Fonte: Elaboração própria a partir dos dados da ANP (2022)

Logo, como é possível observar no gráfico, a partir de 2020, ano pandêmico, há um aumento no preço da gasolina comum.

A série inicia com o preço real da gasolina em 2013 próxima a R$5,00 o litro. Já em maio de 2022, temos um preço médio da gasolina no Brasil de R$7,28 o litro, o que representa um aumento aproximado de 45% no período e o maior preço da série histórica. A linha pontilhada demonstra a tendência dos dados, que é crescente.

desvio padrão preço gasolina

Fonte: Elaboração própria a partir dos dados da ANP (2022)

Olhando para o desvio-padrão (uma medida de dispersão), onde quanto mais próximo de 0, mais homogêneos são os dados da amostra. No caso do preço da gasolina comum, é possível observar também que a dispersão dos dados aumentou ao longo do tempo.

preço mínimo máximo real

Fonte: Elaboração própria a partir dos dados da ANP (2022)

No gráfico acima, temos dispostos os preços mínimos e máximos observados a partir da pesquisa mensal da ANP.

A trajetória corrobora com a observada no preço médio da gasolina, a tendência de queda principalmente após a pandemia e que foi potencializada, então, com as questões relacionadas à guerra na Ucrânia.

A diferença no mínimo e no máximo observado dentre os postos que estão na amostra é resultado, dentre outros fatores, das diferenças de preços entre os estados causadas, por exemplo, pela diferença do ICMS a depender do estado.

Conclusão

Portanto, como foi possível observar a partir dos dados, o preço da gasolina comum realmente está no maior patamar desde 2013.

As indecisões provocadas pela guerra na Ucrânia e a falta de perspectiva de uma resolução para o conflito segue afetando o preço do petróleo e dos combustíveis. Consequentemente, resultando em uma pressão inflacionária, aumentando os desafios econômicos internos também.

Baixe nosso app grátis! No TC você acompanha as principais notícias e cotações do mercado em tempo real, além de ter acesso a canais exclusivos para interagir com os melhores profissionais.

Aprenda com quem realmente entende de investimentos. Tire dúvidas, troque ideias, experiências e construa uma grande rede de networking com investidores de todo Brasil. Se você está começando, indicamos o curso básico sobre investimentos.

A gente também está no InstagramYouTube e no TikTok. Acompanhe!

Analista de Conteúdo do TC School | Graduando em Economia (UFPB)

Análise Fundamentalista

E-BOOK

Análise Fundamentalista

Neste e-book, abordaremos de forma simplificada os principais pontos que você precisa saber para entender a Análise Fundamentalista nas suas decisões de investimento.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.