Mercado secundário de Renda Fixa: o que é e como funciona

Mercado secundário de Renda Fixa: o que é e como funciona

Mercado secundário de Renda Fixa: o que é e como funciona

Olá, investidor(a)! Você já ouviu falar sobre o mercado secundário de renda fixa? O que eu já posso lhe dizer é que esse mercado vem caindo nas graças dos investidores que estão o conhecendo. No artigo de hoje, vamos entender o que é e como funciona esse mercado secundário.

  • O que é o mercado secundário?
  • Como funciona
  • Como ter acesso

Agora, sem mais delongas, vamos direto ao ponto!

O que é o mercado secundário?

Para que você entenda o funcionamento do mercado secundário, imagine a seguinte situação.

Depois de se planejar muito e poupar uma boa quantia em dinheiro, você entra em uma concessionária para comprar o seu tão sonhado carro zero. Depois de alguns anos de uso, você decide vendê-lo para comprar o carro do ano.

Ao vender seu carro para um terceiro, podemos dizer que essa negociação ocorreu no mercado secundário, pois trata-se de um carro usado e não zero de fábrica. Essa mesma lógica vale no mercado financeiro.

Então, Jaqueline, você está dizendo que o mercado secundário nada mais é do que um título ou papel que já passou pela mão de um investidor e vai para mão de outro investidor?“.

Bom, caro leitor, é isso mesmo!

O mercado secundário de renda fixa se caracteriza pela venda de um ativo que estava na mão de um primeiro investidor e, por algum motivo, precisou vender antes do vencimento para outro investidor tomador que deseja aplicar naquele papel.

Como funciona

Para ficar mais fácil de visualizar essa operação, vou descrever na prática como isso acontece.

Eu comprei um CDB através da corretora e tive uma emergência na qual eu não tinha recursos para saná-la, precisando me desfazer dessa aplicação. Assim, a investidora aqui deverá entrar em contato com a corretora e informar que deseja vender o título.

Mas, de antemão, preciso deixar um alerta.

A saída antecipada de ativos de renda fixa não são interessantes para o investidor. Ao antecipar esse vencimento, o investidor sofre com o famoso spread, ou “pênalti”, que nada mais é do que uma multa cobrada pela corretora pela antecipação da saída do papel. A corretora não possui o benefício do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) igual a nós, meros mortais. Por isso, ao tomar o papel para seu caixa, a corretora pode não conseguir revendê-lo para outro investidor. Portanto, é por tomar esse risco que as corretoras lhe cobram um valor.

Já para o investidor tomador, ou seja, aquele que vai pegar esse papel no mercado secundário, a história é um pouco diferente e você vai entender porque esse mercado faz brilhar os olhos dos investidores que começaram a utilizá-lo.

Ao recolocar o título no mercado, a corretora não poderá diminuir as taxas. Ela deverá trabalhar com uma rentabilidade maior que as praticadas no mercado primário. Peço que se atente a essa frase de “maior rentabilidade”, pois vou falar um pouco sobre o mercado primário e já volto para comentar o motivo pelo qual o mercado secundário é tão atrativo e tão difícil de ser acessado.

Lembra do exemplo da compra do carro zero na concessionário no início do texto? Então, o mercado primário é onde a corretora faz o papel da concessionária, ou seja, é a primeira venda daquele ativo (podemos dizer que, assim como o carro, vem com a “quilometragem zerada”). Enquanto o mercado secundário seria toda venda realizada posteriormente.

Por que o mercado secundário é tão atrativo?

Portanto, agora que você está familiarizado com os termos e como os mercados funcionam, vou lhe explicar o porquê do mercado secundário ser o pote de ouro no final do arco-íris. Para isso, peço que volte a pensar naquela frase que eu pedi para você se atentar acima.

A corretora deverá recolocar os papéis com taxas melhores que as praticadas no mercado primário. Isso significa que os papéis do secundário possuem rentabilidades maiores e por isso é tão difícil acessar esses títulos.

Para que você entenda o porquê ser tão concorrido acessar esse mercado, vou comentar sobre mais uma situação que gosto de usar para exemplificar.

Imagine comigo que a Apple acabou de lançar um novo aparelho e decidiu fazer uma super promoção ofertando o produto por apenas R$1.000. Assim que a empresa informou sobre o seu lançamento e o preço, filas imensas de consumidores começam a surgir em diversas lojas, todos querendo adquirir os novos aparelhos da Apple. Aqueles que chegarem primeiro conseguirão comprar os aparelhos, já aqueles que não forem tão rápidos ficarão sem efetuar a compra do produto.

O mercado secundário funciona da mesma forma, pois ele proporciona taxas mais atrativas para os investidores.

Como ter acesso

Agora você vai me perguntar: “como eu posso ter acesso a esse mercado, Jaqueline?”

O mercado secundário de renda fixa acontece dentro da distribuição do primário. Assim, para ter acesso a ele é necessário abrir conta em uma corretora e acessar o mercado de renda fixa no momento de sua abertura para encontrar esses títulos.

Contudo, é nesse momento que mora o problema. Assim como no exemplo da Apple, quem for mais rápido leva o título. Mas existem robôs responsáveis por encontrarem esses títulos de forma mais rápida, fazendo com que o acesso a esses papéis se torne muito mais competitivo e difícil.

Entretanto, vou mostrar para você como tenho conseguido acesso a esses produtos com taxas melhores, sem muita dor de cabeça brigando com esses robôs. E já te aviso: essa vai ser uma dica de amiga!

InvestAI

Para ter acesso ao mercado secundário de renda fixa eu utilizo uma plataforma chamada InvestAI. Hoje, é a única plataforma do mercado que faz toda parte de aquisição de ativos no mercado secundário.

Eles utilizam uma programação (ou robô) para isso, então se você não conseguir ser tão rápido como eles, te aconselho a entrar na plataforma e ver como funciona.

E aproveitando que faço muitas aquisições de títulos por eles, tenho até um cupom de desconto. Quero que você experimente como esse mercado é bom e por isso vou deixar meu cupom aqui – JAQUETC – para que você aplique até R$10.000 sem pagar nenhuma taxa de serviço.

Portanto, espero te encontrar no mercado secundário obtendo as melhores taxas, seja por conta própria ou seja com a InvestAI. O que eu quero de verdade é que você conheça e tenha acesso a essa grande oportunidade chamada mercado secundário de renda fixa.

Baixe nosso app grátis! No TC você acompanha as principais notícias e cotações do mercado em tempo real, além de ter acesso a canais exclusivos para interagir com os melhores profissionais.

Estude e conheça! Aprenda com quem realmente entende de investimentos. Tire dúvidas, troque ideias, experiências e construa uma grande rede de networking com investidores de todo Brasil.

A gente também está no Instagram, YouTube e no TikTok. Acompanhe!

Analista de Renda Fixa do TC

Aprenda a investir o seu dinheiro

E-BOOK

Aprenda a investir o seu dinheiro

Neste e-book — "Aprenda a investir o seu dinheiro", trazemos todas as informações que você precisa saber antes de investir no mercado de ações, com segurança, conhecimento e confiança.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.