SmartFit (SMFT11/SMFT3)

SmartFit (SMFT11/SMFT3)

A companhia é a maior rede de academias da América Latina.

SmartFit (SMFT11/SMFT3)

O SmartFit (SMFT3 / SMFT11) é uma rede de academias “high value low price”, com unidades espalhadas pela América Latina. A SmartFit é a maior rede de academias da LaTAM e a quarta do mundo em número de clientes. 

Neste texto, buscaremos compreender melhor o SmartFit (SMFT3), elencando os seguintes pontos:

  1. História da SmartFit (SMFT3);
  2. O que faz a SmartFit e Seu Modelo de Negócios (SMFT3);
  3. Governança Corporativa;
  4. Plano Pós-IPO da SmartFit
  5. Como analisar a empresa.

História da SmartFit (SMFT3)

A história da SmartFit (SMFT3) começa com a academia Bio Ritmo, a qual foi fundada por Edgard Corona, em 1996, na cidade de São Paulo.

Em 2009, a companhia adotou um modelo o qual utiliza até dias atuais, conhecido como “high value/low price”, o qual possui o objetivo de entregar o máximo de valor possível a seus clientes, através de aparelhos e arquitetura moderna por planos de mensalidades acessíveis, a partir de R$49,90.

Três anos depois, em 2012, a companhia já contava com cerca de 84 unidades e 230 mil clientes espalhados pelo Brasil.

Em 2014, a companhia iniciou um processo de expansão pelos países da América Latina, através de franquias e joint ventures. Em 2021, a companhia possui operações próprias na Colômbia, Peru, Argentina e Paraguai, além da aquisição do controle das operações do México e Chile.

Além disso, a companhia ainda detém joint ventures no Panamá e Costa Rica e franquias na República Dominicana, Equador, Guatemala e El Salvador. Ao todo, a companhia tem 1,13 milhões de clientes e 349 unidades nos países da América Latina (fora Brasil).

Em 2021, o grupo conta com 2,8 milhões de clientes e 928 unidades (715 próprias e 213 franqueadas) espalhadas por 13 países, se consolidando como a maior rede de academias da América Latina e a quarta maior do mundo em números de clientes.

O que faz a SmartFit (SMFT3) e seu modelo de negócios

A companhia possui modelo de negócios de subscrição, o qual o cliente contrata uma determinado plano: (i) “Plano Black”, o qual custa R$109,90, ou (ii) “Plano Smart”, o qual varia de R$69,90 a R$109,90). Dentre seus clientes, 52,7% assinam o “Plano Black”, e o restante, o plano smart. 

Suas academias contam com serviços de:

  • (i) treinos presenciais individuais, os compõem atividades de musculação e HIIT (high intensity training);
  • (ii) treinos presenciais coletivos (dança, spinning, luta, etc);
  • (iii) e fitness omni-channel, o qual o aluno pode acessar treinos via digital, fazendo treino da sua própria casa.

Além disso, a companhia conta com serviços digitais como o “SmartFit Nutri” (acompanhamento nutricional e sugestões de cardápios. O plano é vendido à parte, o qual varia de R$9,90 a R$19,90 mensais); e o “Queima Diária” (aulas digitais, com ticket médio de R$29,90 mensais e 428 mil clientes).

Além da marca Smart Fit (SMFT3), a companhia possui as seguintes marcas: O2; Race Bootcamp; Tonus Gym; Vidya Body & Mind; Bio Ritmo; e Jab House.

Governança Corporativa

Edgard Corona, fundador da Bio Ritmo em 1996 permanece com maior influência, pois atua como CEO e presidente do conselho de administração.

Seus maiores acionistas são: BPE Fit Holding – Pátria Investment (51%); Canada Pension Plan Investment Board (12,4%); Edgard Corona (11%); e Novastar Investment (9,25%). Seus controladores em conjunto são BPE Fit e Família Corona. 

Fonte: Formulário de Referência

Vale destacar a maior influência de remuneração fixa do Conselho e da Diretoria da companhia. A remuneração dos administradores médio foi de cerca de R$ 2 milhões em 2020 e de R$ 44 milhões em 2019. 

Figura 1: Diretoria e Conselho de Administração

Fonte: TC Matrix

Plano Pós-IPO da SmartFit

Dentre seus planos de negócios com os recursos captados no IPO da SmartFit, estão:

  • (i) crescimento orgânico e inorgânico da rede SmartFit (SMFT3);
  • (ii) investimentos estratégicos com objetivo de desenvolver e fortalecer o ecossistema Fitness Digital da companhia; e
  • (iii) aquisição das ações SmartEXP.

Riscos

Dentre os maiores riscos perante as atividades operacionais da companhia está o COVID-19.

Apesar do início da vacinação, é provável que nem todos seus clientes voltem a consumir seus produtos/serviços de imediato (segundo a companhia, 93% pretendem, ou já voltaram, em algum momento).

Vale ressaltar processos cíveis/trabalhistas e tributários que estão em andamento e que possuem chance de perda possível, segundo a companhia, num valor pouco abaixo de R$ 1 milhão.

Em partes relacionadas, a companhia possui o direito de receber cerca de R$88 milhões de suas investidas (principalmente ADV Esportes, SmartEXP, Smartfin e Smartdom).

Além disso, possui um passivo (obrigação) com a Bioswin referente a rateio de despesas administrativas. Apesar dessas companhias terem apresentado prejuízos em 2020, nenhuma possui passivo a descoberto.

Alta alavancagem operacional.

Como analisar a empresa

Receitas e Despesas 

Cerca de 90% da receita da companhia advém de planos de academia (“Black” e “Smart”), totalizando, em 2020, R$1,1 bilhão (queda de cerca de ~36% em relação ao ano anterior).

Além disso, vale destacar uma despesa fixa elevada de depreciação (atribuíveis aos imóveis, tanto alugados quanto próprios). 

Figura 3: Demonstração de Resultados – Receitas e Despesas

Ativos e Passivos 

Os aportes de capital pelos seus acionistas foi de extrema importância para o plano de expansão da companhia. Mesmo apresentando prejuízo e diminuição de caixa, a companhia investiu em CAPEX em níveis similares à 2018.

Vale destacar a enorme presença de  imobilizado e arrendamentos, o que acaba elevando o custo fixo da companhia e consequentemente, sua alavancagem. Devido seu elevado investimento em CAPEX e OPEX, apenas ~13% do seu Imobilizado se encontra depreciado.

Figura 4: Balanço Patrimonial – Ativos

Fonte: TC Matrix

Figura 5: Balanço Patrimonial – Passivos

Para mais informações sobre empresas da B3, acesse gratuitamente o TC Matrix. Com a nossa ferramenta você pode fazer análises relacionadas ao crescimento de receita, dívidas ativas, balanço patrimonial, dividendos, proventos e muito mais para garantir que seu investimento tenha alta rentabilidade.

A sua escola como investidor

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

E-BOOK

Tudo o que você precisa saber sobre IPOs

Neste e-book — "Tudo o que você precisa saber sobre IPOs", trazemos todas as informações que você precisa saber para entender sobre a abertura de capital de uma empresa no mercado financeiro.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.